Lei dá acesso a entretenimento para pacientes com câncer

28 de agosto de 2017

A Câmara Legislativa derrubou veto do governador Rodrigo Rollemberg ao Projeto de Lei 62/2015, de autoria do deputado Cristiano Araújo (PSD), que institui a meia entrada em locais de espetáculos teatrais e musicais, exposições de arte, exibições cinematográficas, apresentações circenses, eventos esportivos, de lazer, entretenimento e demais manifestações culturais no DF aos portadores de câncer. Cabe agora ao GDF promulgar e regulamentar a nova lei nos próximos dias.

Cristiano ressalta que os portadores de câncer gastam muito com cirurgias, internações, medicamentos e acompanhamento médico. “Isso, com frequência, prejudica o orçamento familiar e consequentemente a participação em atividades culturais e de lazer, tão importantes para a melhora do quadro geral do paciente”, afirma. “Foi pensando nas imensas dificuldades que essas pessoas enfrentam que apresentamos o projeto”.

O deputado também lembra que o diagnóstico da doença acarreta mudanças extremas na vida da pessoa enferma e de sua família, que precisam adaptar-se a um caminho árduo de tratamento, que implica em grave sofrimento físico e emocional.

“Não há dúvida de que encarar a doença com otimismo e interagir com outras pessoas em eventos sociais e culturais melhoram a autoestima e o estado psicológico dos pacientes, levando-os a assimilar melhor o tratamento, o que aumenta as chances de cura ou sobrevida”, destaca o parlamentar.



COMENTÁRIOS




Notícias recentes